sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

ETERNIDADE



(...) Ao tempo
devorador dos rumos:
saiba que a vida
é a infância da imortalidade,
e se não for hoje,
nem amanhã,
ainda temos toda a eternidade.

- Victor Branelli -
Postar um comentário