quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

IMPACIÊNCIA...







A vida não espera,

pois impaciente a vida é.

Quando queremos, mansamente...

rapidamente ela quer.

Uma, hora, duas horas...

eternamente,

a vontade não influi.

Quando te quero assim,

de repente....

a vida vem e me conclui.

Vertendo amor a alma confessa

e ainda retribui.

Eu fico aqui te querendo..

Os dias, as horas me corroendo...

Meu desejo tudo quer...

mas o tempo não coopera,

pois a vida malvada é...

e em verdade nunca... espera.
 
"Ro"
Postar um comentário