quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

ERROS E ACERTOS






Direções
Paro um minuto,
sou meu próprio cata-vento:
farejo a direção exata
para que me perca
em trilhas azuis e abstratas.
Busco tudo o que seja inútil;
uma canção inacabada,
um poema escrito à mão,
uma garrafa e sua mensagem
numa língua ainda não decifrada.
Não quero acertos, quero erros,
um relâmpago e seu segredo.



- Roseana Murray -
Postar um comentário