quarta-feira, 7 de novembro de 2012

DESISTO





...hoje a fada do belo encanto, jura a si mesma: "eu desisto, eu desisto de você, posso ser inocente, mas sabedoria não me afugenta, e antes de ser corroída por essa imensa areia movediça que se tornou meu encanto por ti, eis a salvação: O terreno onde pisei havia à algum tempo estudado, e por mais que recusastes, do meu nectar em seu infinito deixei.
Quando o sentires, será tarde à prova-lo e a retoma-lo da dita eia flor".


Érica Morais
Postar um comentário